Detalhes






De um desejo nasce um sonho,
Sem perceber vira seu dia-a-dia.
tudo passa....
 noite, dia..
mas o que não passa é a vontade 
de viver cada conquista em detalhes.
Evolução é fundamental,
construção é primordial, 
Crescimento é essencial,
Amadurecimento é a parte final.
Ver que cada flor, vem a cada primavera
depois de antes ser regada , florescer e crescer.
Vencer cada etapa
e muitas vezes não crer quanta felicidade vem acontecendo..
e que sem que se perceba
os desejos mais secretos do seu coração viram realidade
perca o medo 
e entre pela porta da frente  
porque é nos
Detalhes dos detalhes,
viram vales de linhas indivisíveis 
que constroem o mais belo das janelas da alma.

< Jacqueline Marinho >







Novas emoções





Somos seres carregados de emoções, e muito de nosso bem estar está intimamente ligado com o modo como lidamos com nossos sentimentos, como nos posicionamos em relação à eles e quais atitudes tomamos em determinadas circunstâncias. 

Costumo dizer que ante um forte incêndio, é natural que a primeira atitude das pessoas seja simplesmente sair correndo afim de escaparem das chamas. Poucos serão os que terão a atitude de combater o fogo. 

Ocorre que, se você simplesmente correr, você poderá perder tudo o que tem, e sofrer as consequências do desastre depois. Mas se você resolver combater o fogo, mesmo que isto seja arriscado, você poderá preservar o que tem e não sentir-se tão mal após o ocorrido. 
Semelhante coisa ocorre com os problemas. Há pessoas que simplesmente fogem deles, e acabam tendo graves prejuízos. É preciso reparar que atitudes negativas em relação a problemas, como ser radical demais ou não condicionar um entendimento, também levam a sofrimentos e prejuizos semelhantes. 
No caso do incêndio, seria como combater fogo jogando combustivel em cima. Se você decidir encarar seus problemas de frente, principalmente os de natureza familiar ou emocional, de modo a tentar combater o fogo, ao invés de simplesmente fugir ou jogar mais combustivel em cima, você verá como muitas coisas acabam se resolvendo facilmente, que conflitos emocionais ocorrem, mas que resolvê-los ou não é uma opção sua. 
Lembre-se que não somos seres perfeitos, e que muitos erros que às vezes cometemos têm a intenção de acertar. O verdadeiro Amor não consiste em amar "por causa de", mas "apesar de". 
No final das contas, você verá que Amor, Compreensão e Perdão, continuam sendo os promotores sublimes da paz interior e da felicidade.

Augusto Branco


Parte do todo...


Parte daqui, parte de lá
sem saber para onde ir..
sentimentos, momentos
ilusões e emoções.
Antes era de lá ,mas agora é de cá.
Sem saber de onde pertencer
O jeito e agarrar-se o que se tem
Vivendo o bem
Oferecendo a quem estiver assim
um pouco de acalento
através de palavras de conforto
recordações boas
de momentos ainda melhores 
que estão por vir....

< Jacqueline Marinho>

Luz da janela....




Ela parou e acordou,
viu e sentiu,
chorou e até sonhou...
mas se entristeceu e não mais amou...
passou o tempo
e se descobriu
que a luz também está com outro
começando
dando o seu valor
respeitando seu amor.
Tudo vai acontecer
Esqueça o medo,
volte a  sonhar,
Venha ver o que há por trás da luz de um olhar...


<Jacqueline Marinho>

Mudança...



Sente-se em outra cadeira, no outro lado da mesa. Mais tarde, mude de mesa.

Quando sair, procure andar pelo outro lado da rua. Depois, mude de caminho, ande por outras ruas, calmamente, observando com atenção os lugares por onde você passa.
Tome outros ônibus.
Mude por uns tempos o estilo das roupas. Dê os seus sapatos velhos. Procure andar descalço alguns dias. Tire uma tarde inteira para passear livremente na praia, ou no parque, e ouvir o canto dos passarinhos.
Veja o mundo de outras perspectivas.
Abra e feche as gavetas e portas com a mão esquerda. Durma no outro lado da cama... Depois, procure dormir em outras camas. Assista a outros programas de tv, compre outros jornais... leia outros livros.
Viva outros romances.
Não faça do hábito um estilo de vida. Ame a novidade. Durma mais tarde. Durma mais cedo.
Aprenda uma palavra nova por dia numa outra língua.
Corrija a postura.
Coma um pouco menos, escolha comidas diferentes, novos temperos, novas cores, novas delícias.
Tente o novo todo dia. O novo lado, o novo método, o novo sabor, o novo jeito, o novo prazer, o novo amor.
A nova vida. Tente. Busque novos amigos. Tente novos amores. Faça novas relações.
Almoce em outros locais, vá a outros restaurantes, tome outro tipo de bebida, compre pão em outra padaria.
Almoce mais cedo, jante mais tarde ou vice-versa.
Escolha outro mercado... outra marca de sabonete, outro creme dental... Tome banho em novos horários.
Use canetas de outras cores. Vá passear em outros lugares.
Ame muito, cada vez mais, de modos diferentes.
Troque de bolsa, de carteira, de malas, troque de carro, compre novos óculos, escreva outras poesias.
Jogue os velhos relógios, quebre delicadamente esses horrorosos despertadores.
Abra conta em outro banco. Vá a outros cinemas, outros cabeleireiros, outros teatros, visite novos museus.
Mude.
Lembre-se de que a Vida é uma só. E pense seriamente em arrumar um outro emprego, uma nova ocupação, um trabalho mais light, mais prazeroso, mais digno, mais humano.
Se você não encontrar razões para ser livre, invente-as. Seja criativo.
E aproveite para fazer uma viagem despretensiosa, longa, se possível sem destino. Experimente coisas novas. Troque novamente. Mude, de novo. Experimente outra vez.
Você certamente conhecerá coisas melhores e coisas piores do que as já conhecidas, mas não é isso o que importa.
O mais importante é a mudança, o movimento, o dinamismo, a energia. Só o que está morto não muda !
Repito por pura alegria de viver: a salvação é pelo risco, sem o qual a vida não
vale a pena!

Edson Marques


Acordando...


 

Aquela sensação de que tudo esta diferente, mais bonito, mais feliz, mais claro...
Pois é a cada manhã tem-se a sensação de que tudo está ou pode ser diferente  realmente é possível, tanto para o melhor quanto para o pior, tudo  depender do que cada um vai fazer com mais um dia de vida que lhe é ofertado.
Ajudar a si é o primeito passo: ouvi-se, aconselhar-se, arriscar-se e vencer todos os medos e ai partir dai abraçar o que vier sem medo, a vida também precisa de um pouco de loucura para que os sonhos virem realidade.
Não demore muito para acordar, porque se as horas preciosas forem,  nada voltara no tempo, então aproveite cada segundo do dia.
Acorde e agradeça pelo dom da vida, pela saúde, pelo seu corpo, sentimentos e alimentos... Acorde para as oportunidades, pessoas , amores e sabores.

<Jacqueline Marinho>


Os sentidos no abraço...


" Até abraçar desaprendemos. Ninguém mais abraça com vontade. Com sinceridade de velório. Odeio abraço falso, como aquele beijo de frígida, no qual a face bate na face e os lábios se transformam em beiço. Abraço tem que ter pegada, jeito, curva. Aperto suave, que pode virar colo. Alento tenso, que pode virar despedida. É pelo abraço que testo o caráter do outro. Não confio em quem logo dá tapinhas nas costas. A rapidez dos toques indica a maldade da criatura. Não sou porta para bater. Nem madeira para espantar azar. Abraço com toquinho é hipócrita. É abraço de Judas. De traidor. O sujeito mal encosta a pele e quer se afastar. Pede espaço porque não suporta os pecados dos pensamentos.Devemos fechar os olhos no abraço, respirar a roupa do abraçado, descobrir o perfume e a demora no banho. Abraço não pode ser rápido senão é empurrão. Requer cruzamento dos braços e uma demora do rosto no linho. Abraço é para atravessar o nosso corpo. Ir para a margem oposta. Nadar para ilha e subir ao topo da pedra pela gratidão de sopro. Sou adepto a inventar abraços. Criar abraços. Inaugurar abraços. Realizar um dicionário de abraços. Um idioma de abraços. O meu é o de cadeira de balanço. Giro nas pontas dos pés. Não largo, os primeiros minutos são para sufocar, os demais servem para o enlaçado se recuperar do susto. Não entendo onde terminará o abraço. Se a pessoa vai chorar ou vai rir. Abraço é confissão. Dez minutinhos de sol e de liberdade."


(Fabrício Carpinejar)



Desejo

"Desejo primeiro que você ame,

E que amando, também seja amado.
E que se não for, seja breve em esquecer.
E que esquecendo, não guarde mágoa.
Desejo, pois, que não seja assim,
Mas se for, saiba ser sem desesperar.



Desejo também que tenha amigos,
Que mesmo maus e inconsequentes,
Sejam corajosos e fiéis,
E que pelo menos num deles
Você possa confiar sem duvidar.
E porque a vida é assim,
Desejo ainda que você tenha inimigos.
Nem muitos, nem poucos,
Mas na medida exata para que, algumas vezes,
Você se interpele a respeito
De suas próprias certezas.
E que entre eles, haja pelo menos um que seja justo,
Para que você não se sinta demasiado seguro.

Desejo depois que você seja útil,
Mas não insubstituível.
E que nos maus momentos,
Quando não restar mais nada,
Essa utilidade seja suficiente para manter você de pé.

Desejo ainda que você seja tolerante,
Não com os que erram pouco, porque isso é fácil,
Mas com os que erram muito e irremediavelmente,
E que fazendo bom uso dessa tolerância,
Você sirva de exemplo aos outros.

Desejo que você, sendo jovem,
Não amadureça depressa demais,
E que sendo maduro, não insista em rejuvenescer
E que sendo velho, não se dedique ao desespero.
Porque cada idade tem o seu prazer e a sua dor e
É preciso deixar que eles escorram por entre nós.

Desejo por sinal que você seja triste,
Não o ano todo, mas apenas um dia.
Mas que nesse dia descubra
Que o riso diário é bom,
O riso habitual é insosso e o riso constante é insano.

Desejo que você descubra,
Com o máximo de urgência,
Acima e a respeito de tudo, que existem oprimidos,
Injustiçados e infelizes, e que estão à sua volta.

Desejo ainda que você afague um gato,
Alimente um cuco e ouça o joão-de-barro
Erguer triunfante o seu canto matinal
Porque, assim, você se sentirá bem por nada.

Desejo também que você plante uma semente,
Por mais minúscula que seja,
E acompanhe o seu crescimento,
Para que você saiba de quantas
Muitas vidas é feita uma árvore.

Desejo, outrossim, que você tenha dinheiro,
Porque é preciso ser prático.
E que pelo menos uma vez por ano
Coloque um pouco dele
Na sua frente e diga "Isso é meu",
Só para que fique bem claro quem é o dono de quem.

Desejo também que nenhum de seus afetos morra,
Por ele e por você,
Mas que se morrer, você possa chorar
Sem se lamentar e sofrer sem se culpar.

Desejo por fim que você sendo homem,
Tenha uma boa mulher,
E que sendo mulher,
Tenha um bom homem
E que se amem hoje, amanhã e nos dias seguintes,
E quando estiverem exaustos e sorridentes,
Ainda haja amor para recomeçar.
E se tudo isso acontecer,
Não tenho mais nada a te desejar."

(Victor Hugo)


Auto-retrato

Ao acordar a primeira coisa e correr e não enfrentar o espelho e consequentemente ver aquela imagem bagunçada e desfigurada. Então corre para o banheiro lava o rosto, toma um bom banho e se arruma para enfrentar mais uma dia cheio de grandes ou pequenos acontecimentos. Mas mesmo assim ao ver sua imagem refletida, observa e não gosta muito do que vê, Começa a notar o passar dos anos com mais severidade, as rugas, as machinhas de sol, o cabelo ressecado, um rosto triste, cheio de sentimentos confusos e sem expressão. Pois é assim que muitas  pessoas sentem-se, confundindo o que realmente é, para o que se pensa que realmente são. Como o outro vê a cada um? Qual a imagem que cada um passa? Muitas vezes ao deixar-se guiar por essas visões equivocadas, leva-se a nos auto-depreciar, entristecer -se e fechar-se num mundinho só.
Na verdade, o outro que tem bons sentimentos para com a pessoa, muitas vezes os vê , verdadeiramente, não os depreciando, pelo contrário, procura e a encontra sem muito esforço suas curvas sinuosas, sua expressão de alegria, resplandecente viva e irresistivelmente linda, por vezes misteriosa, mas todas com toda sua intenção em particular.
O importante vem da lição de na verdade parar de se ver como vitima e começar a se moldar com os traços que fazem cada um único,  perfeito e belo aos seus olhos e de uma vez por todas entender que sempre vão existir aqueles que vão depreciar e insultar tais atos, mas essa são pessoas ressentidas e amarguradas que não vale a pena dar ouvidos a tais comentários. Deixe a luz resplandecer e ative-a com um belo sorriso emoldurando a nova criatura que renasce.

Sinta-se, ame-se, cuide-se, deseje-se, arrisque-se...Ouse.

< Jacqueline Marinho >

Razões e emoções....


Há quem diga que é necessário pensar antes de agir diante dos problemas e das coisas que surgem no dia a  dia, mas será mesmo? Aquele  que sempre ligava mandava um mensagem lembrava e dizia " sempre que precisar estarei aki", ele está mesmo? São tantas as indagações que ficaria complicado expressar  em poucas linhas. Não é que seja fácil nem difícil, mas quando alguém ajuda, lembra se importa, tudo flui mais positivamente. Rever atos e agir nas mais variadas situações e algo intrínseco de cada um: uns conseguem resolver tudo com mais facilidade, sem muitos percalços ; já outros atravessam verdadeiros desertos onde falta muito até chegar no oásis. Uma palavra, um gesto, um abraço, um beijo, um sorriso, um eu estou aki (de verdade) muda tudo no fortalecimento de cada um.
Estar presente não significa estar 24 horas grudado, dizendo palavras afáveis, nem muito menos agindo falsamente, ou até mesmo sumindo e voltando sempre que conveniente para se afastar de alguém, usando desse artificio, fique sabendo pessoas assim não fazem falta, deixe-as ir. Muito vem da impressão que cada um formula  e deixa impregnada no outro , é necessário distinguir o verdadeiro do que é falso, o bom do ruim e saber deixar ir embora, desapegar daqueles que não estão mais fazendo parte..
O ser humano está sempre dividido ente as razões e emoções, pensar e ser emotivo e o centro vital de tudo. Tomar decisões  e saber pesar os dois lados, e essencial na busca do equilíbrio ... Deixe partir o que já está no passado....deixe , não projete perfeições nas pessoas... elas não são perfeitas...Aprenda a reconstruir o melhor delas... de um novo jeito, mas são não deixe de acreditar que sempre vai ter uma que nunca esquece de cada um ...


< Jacqueline Marinho >

Sem segredos


"Sou pessoa de dentro pra fora. Minha beleza está na minha essência e no meu caráter. Acredito em sonhos, não em utopia. Mas quando sonho, sonho alto. Estou aqui é pra viver, cair, aprender, levantar e seguir em frente.
Sou isso hoje...
Amanhã, já me reinventei.
Reinvento-me sempre que a vida pede um pouco mais de mim.
Sou complexa, sou mistura, sou mulher com cara de menina... E vice-versa. Me perco, me procuro e me acho. E quando necessário, enlouqueço e deixo rolar...
Não me dôo pela metade, não sou tua meio amiga nem teu quase amor. Ou sou tudo ou sou nada. Não suporto meio termos. Sou boba, mas não sou burra. Ingênua, mas não santa. Sou pessoa de riso fácil...e choro também!"

Tati Bernardi

Subentendendo...

A vida é realmente uma caixinha embalada para presente, onde ao nascer cada um vem com seu embrulho e vai moldando seu conteúdo ao longo dos anos. Muitos são os  acontecimentos que contribuem nessa formação de continua transformação. Contados diários com diversas pessoas também leva-se a observar, incorporar ou ignorar certos comportamentos, mas muito acaba-se interpretando todas essas atitudes demostradas erroneamente, porque o ser humano tem essa capacidade ver muitas vezes aquilo que não existe ou que simplesmente não quer enxergar , isso o leva a criar expectativas infundadas e fúteis a ponto de só perceber quanto é tarde, seja isso um acontecimento bom ou ruim. Deixar sempre claro o que realmente de fato deseja e o primeiro passo para resolução de tudo, porque esperar demais muitas vezes levará apenas ao desfecho indesejado ou tardio do que poderia ter ocorrido se não fosse pelo receio de arriscar. deixar subentendido, muitas vezes não fica esclarecido o que quer realmente passar , então esclareça o quanto antes para que resposta a tudo seja dada  e assim não se perca.

      A primeira pessoa que se deve entender e a si mesmo, procurando fraquezas e defeitos, pois são esses que devem ser trabalhado , nada de não admitir ou procurar fingir o que de fato realmente sucede-se, todos somos passiveis a mudanças e só quando abertos a isso, deixamos de nos subentender pra ter um relacionamento interpessoal com si próprio e uma melhor compreensão com o outro.

< Jacqueline Marinho >


Topo